sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Confira um resumo de todos os comentários de Shuhei Yoshida sobre o PS4 traduzidos pelo PS3 Brasil - Notícia

Shusei Yoshida respondeu várias perguntas sobre o novo lançamento da Sony, o PlayStation 4. Entre respostas firmes e coisas como "não temos resposta ainda" o presidente da Sony Worldwide Studios esclareceu praticamente todas as principais dúvidas dos fãs da empresa. Confira-as abaixo traduzidas pelo site PS3 Brasil:


Sobre a possibilidade do PS4 bloquear jogos usados
"Quando você compra jogos em disco para o PS4, eles devem funcionar em qualquer hardware. Então é isso que eu estou dizendo".

Sobre a queda do preço do Vita ser mundial e não apenas no Japão:
"Não, não é. É uma decisão baseada por região. Sempre".

Sobre códigos de ativação para jogos usados do PS4
"É uma decisão das publishers. Não falaremos sobre isso. Desculpe".

Na decisão da Sony não mostrar o hardware do PS4 durante o anúncio
"Eu peço desculpas por não termos mostrado o hardware. Mas nós temos planos para agora - em fevereiro - até o fim do ano em seu lançamento. Nós gostamos de escolher as coisas baseadas no que queremos mostrar primeiro. E na próxima vez falaremos sobre essas coisas".

Suporte 3D no PS4
"Não, não é o foco, mas suporta. Mais jogos rodarão a 1080p e 60 quadros por segundo, então é mais fácil e uma melhor experiência você ver em sua TV 3D. Nós gostamos do que nós podemos fazer no PS3 usando 3D, mas agora o lado dos consumidores eletrônicos mudaram o foco da TV 3D para algo diferente, então se eles não estão falando a respeito, por que devemos?".

Sobre o suporte da resolução 4K no PS4:
"A resposta oficial é que o PS4 suporta 4K, mas para conteúdo pessoal como fotos e vídeos, não games. Jogos do PS4 não funcionarão em 4K".

Sobre o suporte das plataformas anteriores agora que o PS4 foi anunciado:
"Então nós temos The Last of Us Beyond: Two Soulsque serão lançados neste ano; são títulos bem grandes. E depois disso nós não temos novos softwares anunciados para o PS3".

Sobre a possibilidade de trazer jogos do PS3 para o PS4:
"É um conceito interessante. Nós atualizamos os jogos de PS2 para o PS3 com uma resolução melhor e um melhor frame rate. E as pessoas adoraram. Então eu acho que em algum momento fará sentido e será ótimo para as desenvolvedoras poderem fazer algo que não puderam ou que não conseguiram fazer funcionar em um hardware antigo por causa da performance  Então estamos abertos a isso".

Sobre a integração do Gaikai nos títulos de lançamento do PS4:
"Nós estamos dizendo que virtualmente todo jogo de PS4 será capaz de ser jogado no Vita via Remote Play. Eu ficaria de coração partido se isso não existisse no dia do lançamento do console. Nesse dia, minha expectativa é que nós temos que ter todos os jogos funcionando no Vita".

Sobre a Sony comprar a Quantic Dream:
"Nós não olhamos para as desenvolvedoras do mundo que fazem ótimos jogos para outra publisher e dizemos 'temos que comprá-los'. Nós nunca fizemos isso. A maneira que adquirimos as desenvolvedoras, quando fizemos, é uma evolução natural de uma relação que se desenvolve. Quando faz sentido, nós assinamos um acordo. Quanto à Quantic, nós trabalhamos com eles em Heavy Rain, e estamos fazendo o mesmo com Beyond: Two Souls, e eles estão mostrando algo muito interessante no PS4. Então nós definitivamente estamos desenvolvendo relações mais fortes e nós os amamos também".

Sobre a possibilidade de uma PlayStation App Store:
"Pessoalmente, eu adoraria ver isso. Nossa PlayStation Mobile busca alcançar desenvolvedores pequenos para que possam publicar nos países que suportamos. Mas no lado dos consoles, para o PS3 e Vita, nós ainda usamos o modelo de publicar como um jogo em disco nos termos de certificados, aprovação e garantia de qualidade. Então estamos discutindo internamente como podemos tornar um pouco mais aberto ou mais fácil especialmente para as pequenas desenvolvedoras publicarem seus jogos. Porque nós acreditamos completamente na importância de fornecer suporte a essas pequenas desenvolvedoras porque elas fornecem ideias únicas e interessantes para as plataformas".

Sobre o que a PlayStation 4 Eye Camera é capaz:
"A PS4 Eye possui duas câmeras HD e elas podem ser usadas de diferentes maneiras. Uma é para a triangulação, então o espaço na frente da câmera pode ser medido quando você faz isso [movimentos com suas mãos] e o game saberá que você está fazendo isso. A outra maneira é fazer games com realidade aumentada como Wonderbook, usando uma câmera para o streaming e a outra para otimizar a tarefa".

Sobre o PS4 ter ou não trava de região
"Eu sei a resposta, mas eu não quero falar e depois receber uma ligação do cara das relações públicas dizendo, 'o que foi que você disse?'".

Sobre a PSN continuar gratuita ou não:
"Nós acreditamos que queremos fornecer mais funcionalidades e serviços, além de mais conteúdo na rede. E assim estamos olhando em como fazer a estrutura para isso. E não estamos prontos para falar sobre isso".

Sobre a possibilidade de usar jogos em disco do PS3 no PS4:
"Não, você pode me cobrar".

Sobre o PS4 aparecer novamente antes da E3
"[Olha para o representante das relações] eu espero que não (risos)".

SobreThe Last Guardianser ou não um game de PS3:
 "Eu não estou pronto para falar sobre isso. Desculpe. Por causa de promessas quebradas [feitas no passado], nós estamos aguardando o momento perfeito para reintroduzir The Last Guardian".

Sobre Agent (Rockstar) e Final Fantasy Versus XIII (Square Enix)
"Você está perguntando para a pessoa errada. Eu tenho algum conhecimento, mas não estou na posição para falar a respeito".

Fonte: PS3 Brasil

Jhonn o//