domingo, 8 de setembro de 2013

Briga: desing de Halo 4 critica erotismo em Metal Gear Solid V no Twitter; Kojima e outros respondem - Notícia

Na quarta-feira passada dia 4 de setembro, Hideo Kojima havia tweetado um teaser da revelação do desing da personagem Quiet, dizendo que ele mesmo havia pedido para que o diretor de arte do game, Yoji Shinkawa, desenvolvesse personagens com um visual mais "erótico", a fim de vender mais miniaturas (action-figures) e incentivar as cosplayers e incorporar o personagem de uma maneira mais "interessante". Você pode ver o tweet de Kojima com o teaser abaixo:
Sexta então, Kojima revelou o desing de Quiet juntamente com diversas novas imagens e novidades de Metal Gear Solid V, as quais você confere clicando aqui. Logo depois, David Ellis, desing da 343 Industries (que produziu Halo 4) resolveu dar sua opinião a respeito da personagem e das declarações de Hideo Kojima, dizendo que o visual de Quiet é repugnante e reflexo de uma indústria repleta de homens imaturos. Para Ellis, os desenvolvedores de jogos deveriam ser capazes de fazer algo melhor do que uma sniper de biquíni.
O desing ainda (em resposta a outro tweet) afirmou que a sexualidade tem finalidade dentro de um game. Ellis ainda citou Bayonetta como exemplo de jogo onde a sexualidade tem um propósito, diferente de Metal Gear que serve apenas para ser mais "apelativo", sdds doa.

Kojima explica

Após toda a confusão, Hideo Kojima conversou com o site Polygon afirmando que se confundiu na hora de traduzir seu tweet para o inglês, e que em vez de "erótico" ele queria ter usado a palavra "sexy" para definir o visual de Quiet. Kojima também disse que seu objetivo sempre foi criar personagens únicos, e que uma sniper de biquíni se encaixa nisso. Hideo Kojima encerrou dizendo que tudo fará sentido quando jogarmos The Phantom Pain, já que há um diálogo dentro do game que explica tudo isso.
Quiet em MGS V: The Phantom Pain.
Quem também não deixou os comentários de Ellis passar batido foi a modelo Stefanie Joosten (rosto e captura de movimentos de Quiet), que comentou que o visual da personagem também a surpreendeu de início, mas que isso não é ilógico para o universo de Metal Gear, além de que se Kojima a quis com esses trajes é por que há uma razão.

Nem todo mundo levou o tweet numa boa

Por fim, um dos responsáveis por Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, Jordan Amaro, argumentou que a pouca roupa da personagem não vem de graça e que mais tarde uma explicação lógica será dada pelo visual de Quiet. Amaro ainda foi "agressivo" ao terminar a discussão dizendo que Ellis não precisa se preocupar com o sexismo de Metal Gear pois Halo deve alcançar esse nível nos próximos anos, e completou com uma imagem que mostra a evolução no visual de Cortana nos últimos jogos da série.
Tweet de Jordan Amaro.
E você, o que acha de tudo isso? Deixe sua opinião no campo dos comentários abaixo e discuta conosco a respeito do assunto polêmico.